Cifoplastia no tratamento da dor da coluna por fratura

Cifoplastia

As fraturas dos corpos vertebrais causam muita dor e deformam a coluna, podem ser tratadas com um procedimento mais avançado que a Vertebroplastia, a Cifoplastia, neste procedimento é possível por meio de duas punções colocar cânulas dentro das vértebras e por dentro delas colocar balões no corpo da vértebra e insuflar com muita pressão a ponto de restaurar a altura da vértebra achatada e depois colocar o cimento no local da cavidade criada na tentativa de restaurar o tamanho da vértebra, estabilizar a fratura e produzir o bloqueio da dor semelhante ao que ocorre na vertebroplastia, com mais eficiência.

Cifoplastia: como é o procedimento e o resultado

Cifoplastia

O procedimento é feito com anestesia local e sedação. Após se identificar a vértebra com a fratura recente no exame de ressonância, o paciente é colocado na posição deitado de costas pra cima, um aparelho de raio X é posicionado sobre a área da coluna onde será o procedimento, por exemplo, L2 (segunda vértebra lombar) fazemos uma punção de cada lado da vértebra com agulhas finas , tudo guiado pela visão da imagem de raio X, depois por meio de um sistema de fios guias de aço, colocamos uma cânula oca de cada lado da vértebra, por dentro destas cânulas introduzimos balões dentro do corpo da vértebra e insuflamos a vértebra, de dentro pra fora, com o intuito de restaurar o tamanho natural, assim como corrigir o achatamento causado pela fratura, na cavidade aberta dentro da vértebra com os balões, nós introduzimos o metacrilato na forma pastosa, depois de alguns segundos ele endurece e fica igual a pedra, estabilizando a coluna e aliviando a dor. O procedimento quando é feito de forma precoce e com a técnica rigorosa tem altas taxas de sucesso. O procedimento dura 2h, é necessária a internação por um dia e o paciente pode voltar a suas atividades logo após a alta.