rizotomia 4

As articulações facetárias são pequenas articulações na coluna que ligam as vértebras. Localizadas na parte posterior , auxiliam os discos inter vertebrais no suporte da coluna e proporcionam flexibilidade à coluna vertebral. Quando lesionados ou inflamados, são suscetíveis à osteoartrite, artrose facetária e causam dor.
Embora estas articulações sejam sujeitas a traumas, é muito provável que sofram danos por degeneração devido ao envelhecimento. Todas as regiões da coluna, sejam cervical, torácica ou lombar podem apresentar dor facetária.
Uma das causas ocorre quando os discos inter vertebrais perdem o fluído que têm no seu interior. Estes discos hidratados funcionam como amortecedores. Quando desidratam, há perda de altura e pressão adicional às articulações facetárias. O resultado pode ser osteoartrite, ou a formação de osteófitos (bicos de papagaio) ou outras calcificações, e inflamação, que por sua vez, pressionam os nervos que suprem as estruturas. O tratamento da dor facetária depende do grau da lesão.
O bloqueio da dor pela aplicação direta de ondas de radiofrequência por punção de um nervo tem eficácia comprovada no tratamento da dor da coluna. No procedimento a onda de radiofrequência é formada dentro de um aparelho chamado gerador de radiofrequência, este transmite por um fio elétrico (cabo) a onda até um eletrodo (fio fino), que é colocado dentro de uma agulha especial toda isolada, (somente a ponta desencapada), esta ponta ativa é que esquenta o nervo. O aparelho pode ser regulado para temperaturas que podem variar de 42 a 80 graus Celsius, assim o calor produz a lesão no nervo e interrompe a dor.
Na denervação facetária, os eletrodos lesionam os pequenos nervos das articulações facetárias desgastadas, bloqueando a transmissão da dor. Como os nervos lesionados não tem nenhuma outra função de sensibilidade ou movimento, a técnica é muito segura.

O procedimento é feito em regime ambulatorial, isto é o paciente não precisa ficar internado. Somente uma sedação é necessário, sem anestesia geral e sem sangramento. Devido a ser percutâneo o risco de infecção é muito baixo.

rizotomia 2 rizotomia 3